Espere, estamos aqui para te ajudar!

Quero que entrem
em contato comigo
Já encontrei
o que eu precisava
Não me interessei
em nada

Quem somos

Falar em sonhos e empreendedorismo, também é falar e lembrar-se do dinamismo e da coragem dos irmãos Oldair e Dionir , que movidos pelo sonho em retornar à terra natal e contribuir para o desenvolvimento de Horizontina e região, na década de 90, começaram a edificar a história do CFC Bianchi, de maneira simples, porém corajosa, em 15 de abril de 1996 foi reconhecida e autorizada a documentação para que em 06 de maio de 1996 iniciasse as atividades da Auto Escola BIANCHI, tendo como seu primeiro endereço a Av. Tucunduva, 430, no município de Horizontina, RS.
No ano de 1996, uma lei estadual criou o projeto novo Detran RS, que tornou o Departamento Estadual um órgão autárquico, abrindo assim, um processo de credenciamento para implantação dos centros de habilitação de condutores. Já em 1997, atendendo a nova regulamentação imposta pelo Código Brasileiro de Trânsito, o CFC Bianchi se adequou, para obter a portaria de funcionamento como Centro Teórico e Prático, alterando a razão social para Centro de Formação de Condutores Bianchi.
Como todo sonho que almeja crescer, criar novos espaços e possibilidades, e associando este desejo ao momento econômico que a região vivia, de franco desenvolvimento e ascensão e aproveitando o ensejo ímpar de otimismo e prosperidade que tomava conta dos empreendedores da comunidade regional, os fundadores da Auto Escola Bianchi, traduziram seu desejo e empreendedorismo em trabalho e prosperidade, e em 1997, transferiram o CFC Bianchi, para o centro da cidade, para a Rua Uruguai, 588, endereço no qual, se encontra até os dias atuais.
O CFC Bianchi, construiu uma história sólida, de carisma e credibilidade junto à comunidade horizontinense e região. Escreveu e inscreveu nestes 23 anos de atividades do CFC Bianchi, o seu compromisso e respeito com a comunidade, com as pessoas que nela vivem e com o trânsito que nela circula e dela depende. Sempre atento e preocupado com a qualidade social e cidadã de vida das pessoas, acompanhou sempre as mudanças que ocorreram, atualizando constantemente, técnica, profissional e emocionalmente, para que pudesse manter a oferta de serviços de excelência e seguir todas as determinações do Sistema Nacional de Trânsito.